Josie Ferret

A segurança é um dos quesitos mais importantes na hora da escolha de um imóvel. Por isso, é cada vez mais comum o uso de controle de acesso em condomínios de Florianópolis como forma de oferecer maior tranquilidade e praticidade ao morador.

Isso porque a segurança do condomínio depende de vários fatores que incluem o comportamento dos condôminos, funcionários e porteiros até chegar na empresa e equipamentos contratados.

Segurança eletrônica

Em um planejamento e instalação de controle de acesso, a portaria é prioridade e deve estar protegida contra qualquer suspeita e ameaça à segurança e vida dos moradores, além da equipe de funcionários do edifício.

No entanto, a segurança eletrônica não restringe somente a entrada do edifício, mas também prioriza as áreas mais frágeis do condomínio como portões externos e internos de pedestres, portas internas de blocos, áreas comuns, área de festas, áreas de serviço e portões de garagem.

Tecnologias de Controle de Acesso

Entre as tecnologias disponíveis no mercado estão leitores de biometria, tags, cartões de proximidade, por QRCode, por reconhecimento facial, por controle remoto ou ainda por tag/adesivo veicular.

Os dispositivos inteligentes permitem identificar o acesso de qualquer pessoa ao condomínio, liberar, bloquear e ainda registrar todas as entradas/saídas. Afinal, quem saber quem entra e quem sai do condomínio é de grande importância tanto para a segurança quando para o melhor controle por parte da gestão do condomínio.

Vale destacar que o ideal é combinar os equipamentos modernos com profissionais capacitados e preparados para prevenir riscos e lidar com situações adversas.