Josie Ferret

O ano de 2020 vai deixando na história algumas lições em diversas áreas do mercado financeiro. Uma delas é a constatação de que a mudança é a única constante. Um dos exemplos no setor de imóveis é a reviravolta na tendência dos studios, que até então seguia forte em relação aos apartamentos mais amplos.

Com as novas percepções geradas pela pandemia, a mudança no comportamento do consumidor foi nítida:  surgiu o desejo de mais espaço para viver com qualidade de vida e a redescoberta do imóvel como opção de investimento segura.  Mas com tantas transformações, como avaliar a melhor opção para investir no mercado imobiliário em 2021?

A seguir apresentamos um comparativo sobre as vantagens e desvantagens de investir em studios ou apartamentos mais amplos. Confira:

Studios

Praticidade, mas sem abrir mão da comodidade, define o conceito dos studios. Em geral, as unidades possuem uma planta versátil para oferecer facilidades na rotina do morador, porém com um mood mais cool atraindo principalmente estudantes e pessoas que moram sozinhas.

O condomínio onde há apartamentos studio também costuma oferecer serviços variados como piscina, salão de festas, academia, lavanderia e outros. Outras vantagens incluem preço acessível, mobilidade fácil devido a localização estratégica e manutenção prática. Já as desvantagens estão no espaço menor e a limitação do perfil de moradores.

Apartamentos amplos

Morar em um apartamento com espaços diferentes para cozinhar, descansar e trabalhar tornou-se um dos desejos dos brasileiros neste ano. Em 2020, a demanda por unidades de dois dormitórios foi de 40% entre os interessados na compra, enquanto o de três chegou a 38%. Já o de 1 dormitório, a procura foi de 14%, segundo estudo do Grupo ZAP.

No entanto, esses imóveis também possuem vantagens como atender um perfil maior de moradores, como casais, estudantes, profissionais, o espaço amplos e por oferecem maior liberdade. Na contramão, apresentam um custo mais alto e devido à alta demanda atual, esse valor pode aumentar ainda mais, além de gastos com manutenção, limpeza e dificuldade de locação, conforme a sua localização.

Investir em studios ou apartamentos mais amplos?

Como podemos notar, cada opção conta com vantagens e desvantagens que podem ser muito bem aproveitadas no mercado imobiliário. Isso quer dizer, que a mudança na preferência do consumidor em 2020 não exclui a tendência pelos studios em 2021. Ao contrário, a retomada do setor de imóveis abre um leque de possibilidades para quem deseja investir seja em studios ou em unidades mais amplas.

Os fatores que influenciam nesta decisão estão relacionados ao objetivo do investimento e a sua localização. Comece respondendo a essas perguntas:

  • É para morar?
  • Passar férias?
  • Diversificar investimentos?
  • Locação de temporada?
  • Locação anual?

Enfim, é preciso definir o objetivo antes mesmo de afirmar o que será tendência em 2021 no setor de investimentos. O cenário de grandes transformações resulta em grandes oportunidades, mas é preciso saber aproveitá-las e contar com especialistas que possuem conhecimento do mercado e podem aconselhar você a fechar um novo negócio com mais segurança e garantia de rentabilidade.

Fale hoje com nossos consultores. Estamos de Plantão: (48) 9 9999-8727